Nota Pública do CADir-UnB – Corrupção no GDF

Diante da explosão pública dos escândalos de corrupção que envolvem toda a estrutura do Distrito Federal – Executivo, Legislativo, Judiciário e Empresários – o Centro Acadêmico de Direito da UnB, sede do próximo ENED, declarou nota sobre o assunto.

FORA ARRUDA!

FORA PAULO OTÁVIO!

FORA TOD@S ENVOLVID@S em esquemas de corrupção!

NOTA PÚBLICA DO CADir-UnB ACERCA DAS DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO NO DISTRITO FEDERAL

Brasília tem assistido, ao largo dos últimos dias, a uma aterrorizante demonstração de desrespeito aos princípios conformadores do Estado Democrático de Direito. Os fatos que vieram à tona a partir da operação “Caixa de Pandora” somente contribuem para alimentar a já notável descrença da população nas instituições políticas fundamentais à plena realização do nosso ordenamento constitucional.

O constante aviltamento da democracia, causado por aqueles que continuam a confundir a esfera pública com seus quintais, implica necessariamente em um enfraquecimento do Estado de Direito Brasileiro, ainda frágil e incipiente, mas já cansado de tantos e tamanhos atentados aos seus alicerces mais necessários.

Nós, estudantes do curso de Direito de uma Universidade nascida para propor a mudança social necessária ao pleno desenvolvimento da democracia, repudiamos os atos de violência pública cometidos no âmbito dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Distrito Federal. O compromisso público assumido pelas autoridades de todas as esferas de poder não pode ceder às pressões corruptoras advindas de agentes cujo interesse único é a defesa de interesses particulares escusos.

A gravidade da situação faz urgir a ação das instâncias competentes no sentido de investigar a dimensão dos atos de corrupção desencadeados no Governo do Distrito Federal. Para tanto, e também com o fim de que se preserve a publicidade necessária à investigação e se resguardem as instituições democráticas, pedimos o imediato afastamento das autoridades expressamente mencionadas pela operação “Caixa de Pandora” de suas respectivas funções, incluindo-se o governador e o vice-governador do Distrito Federal, Srs. José Roberto Arruda e Paulo Octávio, além do presidente da Câmara Legislativa, Deputado Leonardo Prudente, e demais parlamentares e magistrados citados nas gravações já amplamente divulgadas.

A despeito das reiteradas tentativas de destruição das esperanças democráticas, continuamos dispostos a preservá-las e alimentá-las, para qualificar o debate público e extirpar de nossa esfera política os males que a têm assolado. Manteremos viva a defesa do Direito, somente possível por meio da efetiva vivência do público enquanto possibilidade de realização dos princípios constitucionais.

Brasília, Distrito Federal, 1º de dezembro de 2009.


Centro Acadêmico de Direito da UnB

Gestão Identidade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: